Família refugiada inaugura restaurante sírio em São Paulo

Na zona sul de São Paulo, logo ao sair da Avenida Morumbi e entrar na Rua das Margaridas, é possível sentir o cheiro da culinária síria. No número 59, a música ao vivo e a decoração do ambiente completam a atmosfera árabe. Toalhas bordadas, porta-guardanapos de madeira trabalhada, louças espalhadas pelos balcões, uma mesa repleta de doces e outra de objetos artesanais sírios à venda no local.

foto familia_inauguracao talal siria

A família Al-tinawi: com pouco mais de dois anos no Brasil, com a ajuda de brasileiros, eles inauguraram o primeiro restaurante em São Paulo (Foto Géssica Brandino)

Inaugurado sexta-feira (29/4), o Talal Culinária Síria não é um restaurante como os outros. Foi criado a partir do sonho da família Al-tinawi, com o apoio de inúmeros brasileiros. No Brasil desde dezembro de 2013, eles contaram com o apoio da comunidade síria para se estruturar nos primeiros meses. Talal trabalhou vendendo roupas na madrugada, depois numa empresa de engenharia e, por sugestão de voluntárias do Adus, passou a fazer comida síria sob encomenda. Engenheiro mecânico, ele segue na tentativa de revalidar o diploma para exercer a profissão no país.

Foi por meio de uma página no Facebook que a venda de comida síria feita em casa passou a ganhar clientela consolidada. Com o grande número de pedidos de salgados e doces, além da participação em diversos eventos, receberam a sugestão de abrir um restaurante e com o apoio de voluntários, lançaram uma bem-sucedida campanha de arrecadação online por meio da plataforma Kickante, ultrapassando a meta de arrecadação em setembro do ano passado.

Decoração árabe completa a atmosfera do Talal Culinária Síria (Foto: Géssica Brandino)

Decoração árabe completa a atmosfera do Talal Culinária Síria (Foto: Géssica Brandino)

A partir de então, o trabalho foi buscar um imóvel para abrir o restaurante. O local escolhido fica no Brooklin, próximo à Avenida Santo Amaro, o que facilita o acesso, pois várias linhas de ônibus passam por ali. Para preparar o espaço e o cardápio que incluía refeições e também lanches, a família Al-tinawi se empenhou ao máximo. À noite, mesmo cansados, o sorriso por ver a satisfação dos clientes era contagiante.

caligrafo_talal siria inauguracao

O calígrafo Anas Hafez escreve meu nome em árabe, cortesia para clientes da inauguração do Talal Culinária Síria (Foto: Géssica Brandino)

Com cinco funcionários contratados, a família também contou com o apoio de voluntários no atendimento. Talal e Ghazal trabalhavam na cozinha, enquanto o filho do casal auxiliava na parte financeira. Amigos da síria também participavam da inauguração. Em meio às mesas, o calígrafo sírio Anas Hafez, também refugiado no Brasil, presenteava os primeiros clientes do Talal Culinária Síria com a escrita em árabe de seus nomes. (Confira aqui a página de Anas no Facebook)

A inauguração atraiu não apenas amigos de Talal e veículos de imprensa, mas também pessoas da região. Umas delas foi a empresária Joanna Gonçalves, dona de uma clínica de estética na região. Ela conheceu a família síria três semanas antes e, aliada a uma vivência pessoal fora do Brasil, já pensa em ações conjuntas com os Al-tinawi em apoio a outras pessoas que precisam recomeçar as próprias vidas longe de casa.

musica ao vivo_talal siria inauguracao

Música síria na noite de inauguração (Foto: Géssica Brandino)

“Dá para fazer muita coisa aqui em prol dos refugiados. Sei como é viver em um outro mundo”, lembrou Joana, que viveu entre 2008 e 2010 no Azerbaijão, ex-república soviética que tem o Islamismo como religião principal e que guarda semelhanças culturais e históricas com o Oriente Médio.

A inauguração avançou até o começo da madrugada de sábado. E já passava da meia-noite quando um jovem casal passou de bicicleta e ficou curioso com o local aberto. Curiosidade que virou clientela quando souberam que se tratava de um novo restaurante.

Apesar do cansaço, era nítida a satisfação pela realização de um sonho encampado pela família Al-tinawi e pelos demais voluntários engajados em torno do restaurante. Um local que tem tudo para ser referência gastronômica e cultural na região.

Nota especial da Géssica: Além da comida deliciosa, deixei o local contagiada pela felicidade da família que conheci no início de 2013 e cuja trajetória narrei no livro Caminhos do Refúgio, ainda não publicado. Naquela ocasião, lembro-me do otimismo de Talal, que buscava dar uma condição de vida melhor para a família no Brasil, sem deixar de denunciar o sofrimento do povo sírio. Dois anos depois, a inauguração do Talal Comida Síria mostra que é possível recomeçar e ter esperança num futuro digno.

Conheça o restaurante:
Talal Culinária Síria
Rua das Margaridas, 59 – Jardim das Acácias – São Paulo (SP)
Facebook: Talal Culinária Síria

Por Géssica Brandino
Colaboração: Rodrigo Delfim